Em quarto dia, buscas por paraquedista se estendem para área de mata

Buscas são coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas. O Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente, especializado em buscas e resgate na selva, passa a integrar grupo

 As buscas pelo paraquedista que desapareceu após salto na sexta-feira (15/04), em Manaus, entram no quarto dia nesta segunda-feira (18/04) e se estendem para área de mata. A atividade é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O gabinete de crise segue ativado.

Desde o amanhecer, agentes das forças de segurança se concentraram no gabinete de crise, sediado na sede do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

O Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente (BIFMA), especializado em buscas e resgate na selva, passa a integrar as equipes. As buscas vão se concentrar a partir do início da ponte Phelippe Daou, em Manaus.

De acordo com o titular da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada de Segurança, coronel PM Almir Cavalcante, as equipes inicialmente percorrem a área de mata no distrito de Cacau Pirêra, no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus).

“Todas as equipes estão empenhadas, tanto as equipes do Estado quanto da União, temos o apoio da Marinha, Exército e Aeronáutica. O comandante do Corpo de Bombeiros realizou um briefing com os agentes que irão atuar em área de selva, pois já foram feitas várias incursões na água, não descartando a possibilidade de a vítima estar em área de selva. As buscas seguem em todos os locais”, destacou.

Nesta segunda-feira (18/04), a força-tarefa conta com mais de 70 agentes empenhados para auxiliar nas buscas do paraquedista. Além disso, a atividade conta com lanchas das forças de segurança e aeronaves do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa), da SSP-AM.

Entenda o caso

Na tarde de sexta-feira (15/04), um grupo de 14 paraquedistas realizaram o salto do Aeroclube do Amazonas, localizado no bairro Flores, zona Centro-sul de Manaus.

Após serem atingidos por ventos fortes durante temporal, dois deles se chocaram contra a rede elétrica e foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros, em área do bairro Compensa. Outros dois, Ana Carolina e Luiz Henrique Cardelli, forma considerados desaparecidos.

O corpo de Ana Carolina foi resgatado na manhã de sábado, após ser localizado por ribeirinhos, na região do distrito do Cacau Pirêra, no município de Iranduba, na Região Metropolitana de Manaus. Agora, continuam as buscas por Luiz Henrique Cardelli.

Fotos: Carol Andrade/SSP-AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.