Três pilotos amazonenses estão confirmados para a décima quarta edição do Transcatarina

Considerado um dos maiores encontros do off-road nacional, competição será realizada no período de 5 a 9 de julho, com a participação de pilotos e navegadores de 95 cidades do País

 Pouco menos de dois meses para o Transcatarina e o evento já conta com um grid formado por 210 veículos. São pilotos e navegadores de diversas regiões do Brasil, representando – até o momento – 14 estados e 95 cidades. E em Manaus, três pilotos já confirmaram presença: Francisco da Silva, Roberto Lima e Rafael Caldeira, que participarão da categoria Adventure 02. 

De 05 a 09 de julho, o 14º Transcatarina percorrerá cerca de 800 quilômetros, com largada da cidade de Fraiburgo, a Terra da Maçã, e, após pernoitar em Canoinhas e São Bento do Sul, chegará em Jaraguá do Sul. Uma aventura que explorará os caminhos do Vale dos Imigrantes, Vale dos Contestado e o Caminho dos Príncipes. 

“São 14 anos fazendo história, promovendo as belezas turísticas e valorizando a cultura de Santa Catarina. Durante cinco dias, passamos por diversas cidades e, principalmente o pessoal das categorias de passeio, tem a oportunidade de aproveitar o melhor do estado catarinense”, destaca Bruno Gatti, presidente do Caçador Jeep Clube – entidade que organiza o Transcatarina. 

As categorias que ainda têm vagas para o Transcatarina 2022 são de competição (Máster, Graduados, Turismo, Turismo Iniciante e Turismo Light) e passeio (Passeio Radical 03, Camping e Adventure 02). As inscrições seguem abertas e podem ser feitas pelo site www.transcatarina.com.br.

As categorias Passeio Expedition, Passeio Radical 01 e 02, Adventure 01 e 03, já estão lotadas. 

Grande em todos os sentidos

Ao participar do Transcatarina, os amazonenses enaltecem o nome de Manaus no evento pois, entre tantos outros participantes, aceitaram o convite de encarar essa grande aventura. E o Transcatarina é grande por diversos motivos. 

Ao reunir uma caravana formada por cerca de 700 pessoas, o Transcatarina colabora com a economia das cidades por onde passa, uma vez que os visitantes consomem de restaurantes, hotéis, postos de combustíveis, oficinas, adquirem artesanato etc. 

Ainda, desempenha o lado social, ao arrecadar alimentos não perecíveis. Em média são entregues 12 toneladas de alimentos por ano, distribuídas entre as comunidades carentes, indicadas pelas prefeituras que apoiam o Transcatarina. 

“Também temos o Rally Solidário, realizado no sábado que antecede o início do Transcatarina. É um evento destinado às crianças e adultos portadores de algum tipo de deficiência intelectual”, destacou Gatti. No ano passado, foram cerca de 40 alunos da AMA Fraiburgo e da APAE Fraiburgo que participaram de um passeio off-road de aproximadamente 60 quilômetros pela região de Fraiburgo. Os veículos utilizados foram os 4×4 dos próprios participantes do Transcatarina, que também serão os pilotos dessa aventura. “Este ano vamos repetir essa iniciativa. Ao proporcionar essa experiência, as crianças sentem-se acolhidas, e ainda colaboramos para o desenvolvimento e reforçamos questões de socialização e empatia”, afirma. 

Realizado pelo Caçador Jeep Clube, o 14º Transcatarina tem patrocínio de Santur, governo de Santa Catarina, Hotel Renar, SFI Chips, Scherer Auto Peças, RH Brasil e Alfa Transportes, além do apoio de Atacadão Pneus, Accert Transporte e Logística, DSTrac Performance 4×4, Grupo Gratt, Rede PMX – Posto Maçã, Orange Sun, 3RS Confecções, FD Stands e Displays, Lave Bem Lavanderia, Santa Prev. Saúde, Auto Elite VW, Cervejaria Holzbier, Prefeitura de Fraiburgo, Prefeitura de Caçador e Prefeitura de Jaraguá do Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.