Investimento público incentiva a produção sustentável de alimentos no interior do Amazonas

Crédito rural liberado, doação de equipamentos e implementos, regularização junto ao Plano Safra e Cadastro Ambiental Rural fazem parte das ações executadas pelo governo do Estado

Convênios firmados entre o governo do Amazonas e a prefeitura de Maués (a 276 quilômetros de Manaus), viabilizaram a liberação de R$ 654,3 mil em crédito rural e a doação de insumos, equipamentos e implementos para incentivar a produção sustentável de alimentos no município. Essas ações estão sendo levadas pelo Sistema de Produção do governo estado a dezenas de cidades do interior.

Dois termos convênios foram assinados. O primeiro, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) e a Agência de Fomento do Estado (Afeam), para liberação do crédito rural, na ordem de R$ 489.469,80, para financiar 35 projetos, sendo 20 de piscicultura e 15 da agricultura familiar.  

A Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) assinou o Termo de Doação Onerosa da Fábrica de Gelo com a Colônia de Pescadores Z-16.  Além disso, a Colônia também será beneficiada com a doação de um kit feira, que dará aos pescadores uma nova opção para comercialização dos seus pescados. Os novos investimentos impactarão diretamente na geração de emprego e renda para os trabalhadores locais.

A parceria entre governo estadual e prefeitura, também viabilizou a entrega do benefício Cartão do Produtor à 63 agricultores familiares, que passam a contar com isenção do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na aquisição de insumos, máquinas e equipamentos, além do desconto na conta de energia elétrica.

Foram entregues, ainda, 149 Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAPs), documento que é requisito para que os produtores da localidade tenham acesso ao Garantia Safra, e efetuadas 43 inscrições no Cadastros Ambiental Rural (CAR), que ao produtor, a comprovação de regularidade ambiental, conquista maior competitividade no mercado e o acesso ao crédito rural.

Fotos: Lucas Silva / Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.