Após assalto em Cras do Alvorada, unidades públicas municipais irão receber reforço na segurança

Reforço na segurança dos equipamentos públicos municipais será feito pela Guarda Municipal, anunciou o prefeito de Manaus, David Almeida, que esteve na unidade, na quarta-feira

O prefeito de Manaus, David Almeida, esteve, no início da tarde desta quarta-feira (11/5), no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Alvorada, zona Centro-Oeste, onde dois homens, portando armas de fogo, assaltaram cerca de 30 pessoas, entre servidores municipais e populares, por volta das 10h30, levando bolsas e aparelhos celulares.

Acompanhado do secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), Sérgio Fontes, e da titular da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), Jane Mara Moraes, David Almeida afirmou que as unidades públicas municipais irão receber reforço na segurança, com a Guarda Municipal.

“Não podemos nos calar e nem ficarmos apáticos com esses episódios que vem a se repetir. São UBSs (Unidades Básicas de Saúde), escolas, creches e Cras que estão sofrendo com esses bandidos. Vamos tomar as atitudes necessárias para garantir a segurança da população e dos nossos servidores. Vamos reforçar a segurança em todos os prédios municipais e ampliar o nosso efetivo da Guarda Municipal, todos armados, para coibir esse tipo de ação”, enfatizou Almeida.

De acordo com a prefeitura, todos as pessoas que estavam no local no momento do assalto, receberam apoio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.