Cigás tranquiliza consumidores de gás natural no Amazonas de que não vai reajustar o preço do seu produto

Em nota, companhia amazonense esclarece que o aumento nos preços de venda do GN para as distribuidoras do país não atinge o estado, anunciado pela Petrobras, não atinge o Estado

A direção da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) distribuiu nota à imprensa, nesta segunda-feira (02/05), esclarecendo que as tarifas do gás natural (GN) praticadas no estado não sofrerão reajustes. A concessionária do serviço público de distribuição e comercialização do insumo no Amazonas esclarece que o anúncio feito pela Petrobras de aumento dos preços de venda do GN para as distribuidoras do país não atinge o estado.

A razão é que o contrato de fornecimento celebrado com a Petrobras prevê outra metodologia de reajuste do preço do gás natural, baseada em índices inflacionários, e os repasses ocorrem nos meses de novembro e janeiro.

As tarifas de gás natural praticadas no Amazonas são homologadas pelo Poder Concedente (Governo do Estado) a cada reajuste ou revisão tarifária, conforme Contrato de Concessão e demais normas vigentes. A fim de dar maior transparência e publicidade, as tabelas tarifárias são publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) e divulgadas no site da Companhia: www.cigas-am.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.