Projeto da UEA amparado pela Fapeam reúne cerca de 1.400 espécies fúngicas e 300 de bactérias

Central de Coleções Microbiológicas da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) é coordenada pela doutora em Química, Patrícia Melchionna Albuquerque

Estabelecer meios para atualizar bancos de dados, ampliar acervos e implantar novos métodos de preservação das coleções biológicas em museus existentes no Amazonas tem sido tarefa constante do Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), via Programa de Apoio à Organização, Restruturação, Preservação e Divulgação das Coleções Biológicas e de Museus do Estado – Coleções Biológicas/Museus.

 Entre os projetos apoiados pelo Estado está o de ampliação da Central de Coleções Microbiológicas da Universidade do Estado do Amazonas (CCM/UEA), coordenado pela doutora em Química, Patrícia Melchionna Albuquerque.

A iniciativa visa consolidar a Central como referência no acervo de microrganismos amazônicos, estimular o aumento do número de projetos de pesquisa envolvendo a microbiologia aplicada nos programas de pós-graduação e apoiar grupos de pesquisa da UEA e de instituições parceiras no fornecimento de cepas identificadas para uso em pesquisa aplicada, além de ampliar o acervo em no mínimo 30%.

Atualmente, cerca de 1.400 espécies fúngicas e 300 de bactérias existem no CCM/UEA. Com o incentivo do Governo do Estado, via Fapeam, a Central de Coleções foi modernizada com equipamentos fundamentais para um melhor desenvolvimento do acervo, principalmente com a câmera de fluxo laminar, entre outros instrumentos, como frascos diversos e materiais utilizados para a caracterização macro e micromorfológico dos microrganismos e moleculares, conforme informações da pesquisadora.

“Nossa intenção é conseguir identificar todas as espécies de microrganismos que temos hoje na Central de Coleções da UEA, que dispõe de um acervo significativo e, principalmente, já contamos com a organização (codificação) desses microrganismos. O sistema de gestão está sendo finalizado e pretendemos, até o final do primeiro semestre, disponibilizar o acesso para a população em geral”, acrescenta.

Sobre o programa

O Programa de Apoio à Organização, Restauração, Preservação e Divulgação das Coleções Biológicas e de Museus do Estado do Amazonas – Coleções Biológicas/Museus, da Fapeam, visa apoiar com recursos financeiros e bolsas, projetos que visem dar suporte à organização, informatização, gestão e divulgação de coleções biológicas institucionais e de museus já existentes, e consideradas estratégicas para o estado do Amazonas em instituições públicas ou privadas, sem fins lucrativos.

O projeto “Ampliação da Central de Coleções Microbiológicas da Universidade do Estado do Amazonas (CCM/UEA)” é apoiado pelo Edital nº 008/2019.

Fotos: Acervo da pesquisadora Patrícia Melchionna Albuquerque

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.