No primeiro mês de funcionamento, “Crédito Rosa” já aplicou R$ 10 milhões em negócios liderados por mulheres

Linha de crédito atendeu negócios de 100 mulheres, em seu primeiro mês de funcionamento. O valor dos empréstimos varia de R$ 500 a R$ 21 mil, de acordo com a análise de crédito da solicitante

Em um mês, 100 mulheres empreendedoras que tiveram suas atividades econômicas afetadas pela pandemia da covid-19 foram beneficiadas com o ‘Crédito Rosa’, linha de financiamento lançada no Dia Internacional da Mulher pelo governador Wilson Lima. A carteira de crédito para o público feminino está injetando R$ 10 milhões na economia local em apoio a negócios desenvolvidos exclusivamente por mulheres.

Os financiamentos são realizados por meio de parceria entre a Agência de Fomento do Amazonas (Afeam) e a Secretaria de Estado de Assistência Social (SEAS-AM). O valor dos empréstimos varia de R$ 500 a R$ 21 mil, de acordo com a análise de crédito da solicitante.

A autônoma Franciane Soares, de 36 anos, ressalta que a linha de financiamento veio para impulsionar o seu empreendimento. “Fiquei feliz por ser uma das primeiras contempladas. Pensei que não conseguiria, pois, os autônomos têm uma certa dificuldade de conseguir crédito, mas o atendimento foi bem rápido, me deram um prazo de 15 dias para o retorno. Estava precisando dar um reforço no meu empreendimento, ainda mais depois da pandemia. Esse crédito vai nos ajudar muito”, disse.

O programa é voltado para financiar as principais despesas operacionais necessárias para a implantação, manutenção, ampliação e modernização da atividade produtiva. Além de auxiliar na aquisição de máquinas, equipamentos, móveis e utensílios para as empreendedoras.

As interessadas podem comparecer no Centro Estadual de Convivência do Idoso (Ceci) Aparecida, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, para o atendimento, que é por ordem de chegada. O Ceci fica localizado na rua Wilkens de Mattos, s/nº, bairro Aparecida, zona sul.

Mais informações sobre o “Crédito Rosa” também podem ser obtidas no site oficial da Afeam, no endereço www.afeam.am.gov.br.

Fotos: Kerolyn Leigue/Seas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.