Produtores indígenas de São Gabriel recebem implementos agrícolas para ampliar e diversificar a produção

Ação do governo do estado, viabilizada por meio de emendar parlamentar, vai beneficiar diretamente cerca de 30 comunidades de produtores indígenas, no plantio, colheita e escoamento da produção

Produtores rurais de 30 comunidades indígenas, das etnias Tuyuka, Baniwa, Tukano e Baré, que vivem no município de São Gabriel da Cachoeira (distante 853 quilômetros de Manaus), na região do Alto Rio Negro, receberam um ajuda do governo estadual para ampliar e diversificar a produção. Nesta quarta-feira (13/04), receberam das mãos do gerente da unidade local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado (Idam), Fracimar dos Santos, 33 motores, tipo rabeta completos e um motor de popa 15HP.

“Essa ação vem para fortalecer o setor primário do nosso município, melhorando o escoamento da produção dos agricultores indígenas que hoje estão acessando as políticas públicas de comercialização, aumentando a sua renda familiar e assim melhorando a qualidade de vida deles”, destaca Francimar.

Serão beneficiadas com as doações, a Associação Indígena da Etnia Tuyuka Moradores de São Gabriel da Cachoeira (Aeitum), Associação Agrícola Teotônio Ferreira (AATF), Cooperativa Indígena Baniwa de Produção e Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Coopibem), e as comunidades Ilha de Duraka (Camanaus), São Jorge (Rio Curicuriari), Baláio (BR-307, Km 100), Boa Esperança (BR-307, Km 07), São Sebastião (Médio Rio Negro) e Juruti (Alto Rio Negro).

A doação dos equipamentos foi viabilizada por meio de uma emenda parlamentar do deputado estadual Roberto Cidade, ao orçamento do Estado deste ano, no valor de R$ 50 mil. Os recursos foram destinados à aquisição dos equipamentos, com o objetivo de levar mais desenvolvimento para esses produtores.

Fotos: Divulgação/Idam

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.