Manaus inicia construção de pontes em preparação para cheia severa prevista para este ano, pelo CPRM

Plano de Contingência da Operação Cheia 2022, da prefeitura de Manaus, prevê a construção de pontes temporárias, que já começou em diversos pontos da cidade, onde tradicionalmente ocorre alagações

A prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), inicia nesta terça-feira (12/04), a construção de pontes temporárias em áreas de alagação durante a cheia. A atividade começa pelo bairro do São Jorge, zona Centro-Oeste, e contará com o apoio das secretarias municipais de Infraestrutura (Seminf) e de Limpeza Urbana (Semulsp).

Com a cota do rio Negro marcando de 27,87 metros, a Defesa Civil do município começa por em prática o Plano de Contingência da Operação Cheia 2022. Só na terça-feira, data de lançamento do projeto de construção das pontes temporárias, pelo menos duas, de 70 e 80 metros, serão construídas.

Apesar das previsões deste ano, conforme o 1º Alerta de Cheia, divulgado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), no fim de março, não serem de uma subida recorde, a cota do rio Negro deva ultrapassar os 29 metros, o que já caracteriza uma cheia severa, afetando mais de 4 mil famílias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.